Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha vida dava uma série...

(qualquer semelhança com outras realidades, é pura coincidência!)



Quinta-feira, 13.09.12

Reunião atribulada do inicio do ano lectivo

Pois é, fui hoje à reunião de inicio do ano lectivo (do Jardim de Infância) e não terminou da melhor forma, já imaginava que assim fosse, e tudo por causa da "simpática" lista fornecida pela educadora (parecida ou igual ao ano anterior), do material necessário para inicio do ano (imagino quando for para o meio, e quando chegarmos ao final ficamos com os bolsos vazios (mas as mães contentes porque lápis, canetas e afins não faltaram aos seus filhos no JI).

E lá me aborreci com a educadora, afinal, achei estranho não sobrar material do ano anterior...sugeri a ela fazer uma listagem do que realmente precisa, visto ter sobrado (ainda que pouca coisa, disse ela) e comprar ela e pedir o dinheiro depois a todos, e não dar uma lista destas a cada um dos pais. As restantes mães ficaram do lado da educadora, acharam normal, visto não haver verbas e os meninos precisarem de material para trabalharem, voltaram-se contra as minhas ideias, e pronto, já sou a ovelha negra do grupo dos pais.

Vim para casa com a sensação de que me tinha passado um camião por cima!

Coloco aqui a lista que me assustou e revoltou, achei exagerada, mas pelos vistos fui só eu, é pena! (e foi mau, odeio ser descriminada)

Não sei de quem é a culpa, se é do Governo, se é da educadora ou se é dos pais que aceitam tudo o que lhes é exigido, sem se manifestarem, na minha opinião a educação, assim como a saúde dos nossos filhos deveria ser gratuita, mas isto é só a minha opinião. Por outro lado, se todos temos que poupar como nos é pedido e exigido, visto as circunstâncias por que todos estamos a passar numa altura destas, acho que é em casa e nas escolas que se deve dar o exemplo, a meu ver, as crianças podem entreter-se e aprender com muito menos que isto (por ano e por cada criança com idades compreendidas entre os 3 e 5 anos):


1 pacote de bolachas Maria
1 chapéu ou boné
1 bibe
1 muda de roupa
1 dossier com 2 argolas grandes (tamanho A4); 
1 bolsa de 12 canetas de feltro grossas; 
1 bolsa de 12 canetas finas, 
1 caixa de lapis de cor grossos, 
1 caixa de lapis de cor finos, 
1 caixa de lapis de cera grosso, 
1 garrafa de tinta cenográfica; 
1 caixa de aguarelas, 
2 folhas de cartolina de cores diferentes,
1 folha de cartolina grande azul (para menino) e 1 cartolina frande cor de rosa (para menina),
1/2 resma de papel de varias coras tamanho A4;
1 resma de papell de varias cores tamanho A4, 
bloco de cartolinas de varias cores tamanho A4, 
1 embalagem de pasta de moldar cor branca, 
1 tubo cola UHU tamanho médio e uma de esponja; 
1 caderno de papel de lustro, 
1 embalagem de toalhitas humidas,
lenços de papel (embalagem de seis), 
1 rolo de papel de cozinha,
1 maço de guardanapos folha simples tamanho grande (festa de aniversario) e copos,
1 rolo de papel autocolante transparente ou de cores (encarnado, verde, azul, amarelo, laranja ou castanho),
100 micas,
1 copo para agua, 
1 balde, 
1 pá e um carrinho de mão (para brincar na areia)
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Patrícia Madeira às 16:17


5 comentários

De a.r. a 13.09.2012 às 18:11

Isto é um abuso...

De momentosdisparatados a 13.09.2012 às 22:40

Bem...essa lista é inorme. Na altura da minha filha, agora com 22 anos não era nada assim.
Anda tudo doido.
Bom resto de semana

De Patrícia Madeira a 14.09.2012 às 10:40

E a tua filha não é feliz agora? Ela queixa-se por lhe ter faltado alguma coisa quando andava no Jardim de Infância? Não há verbas agora, dizem eles, e os pais que se cheguem à frente. Na minha ideia era nossa obrigação manifestarmos contra esta exploração. Mas muitas pessoas se tornaram consumistas e querem sempre mais e mais para os seus filhos, que exemplo é este que temos que dar a eles? Cada dia que passa me sinto mais triste com o país em que vivemos e com as pessoas sem consciência do que realmente é importante para as nossas crianças.

De Silvia a 23.01.2013 às 00:55

As crianças gastam isso e muito mais. Na altura que eu trabalhava em Portugal o meu patrão não me dava nada e se eu queria ter alguma coisa comprava, os pais sabiam e nunca se ofereceram para me dar 1 euro mas gostavam de levar as prendinhas. Nem imagina o que as crianças gastam, o material que estragam muitas vezes por a propria motrcidade fina ainda nao estar bem desenvolvida. Acho um pouco de desrespeito pela Educadora pensar que ela não faz isto pelas crianças e que se quer aproveitar de alguma coisa. Eu até cheguei a comprar comida e disso os pais não sabem. Muitas vezes gastamos do nosso salário para dar os filhos dos outros.

De Patrícia Madeira a 23.01.2013 às 10:36

Silvia, respeito todas as opiniões, este post foi um desabafo meu na altura, pelo que percebi foi ou é educadora, estou errada? Entendo o seu ponto de vista, cada um tem o seu. Mas eu se acho que alguma coisa está errada, não me calo, foi o que fiz nesta reunião, na tentativa de esclarecer algumas das minhas dúvidas.
Na minha opinião, o nosso país está como está porque é "um deixa andar", ninguém se queixa na altura devida e depois como é? Depois já é tarde demais...não sei bem de quem é a culpa das condições miseráveis em que muitas escolas funcionam, se é dos educadores, se é dos pais, se é do Ministério da educação, só acho que se nos calarmos perante muitas situações, depois acontece como no caso da Silvia, que chegou ao ponto de tirar dinheiro do seu bolso para dar de comer aos filhos dos outros. É de louvar a sua atitude, mas não seria melhor ter-se chegado a quem é de dever e obrigação resolver essa falta?

Comentar post




Acerca de mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Visitas

HTML Hit Counters
Web Counter



Blogues e páginas que sigo

TRALHAS E PASSATEMPOS

CULINÁRIA

DIVERSOS E FAVORITOS

LEITURA

MODA E BELEZA