Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A minha vida dava uma série...

(qualquer semelhança com outras realidades, é pura coincidência!)



Segunda-feira, 29.04.13

Ontem fomos...

...à exposição de dinossauros no Parque das Nações, no Pavilhão do Conhecimento.

Os filhotes gostaram, o Duarte adorou, o que já se esperava, pois sempre teve um enorme fascínio pelos dinossauros. Admirou cada figura como se não houvesse amanhã, por ele teríamos ficado lá até hoje. Pior foi depois à noite, deve ter sonhado com alguns deles, porque ainda acordei umas 4 vezes a ouvi-lo chorar. De manhã disse-me que tinha sonhado com um dinossauro a andar numa escavadora.


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Patrícia Madeira às 14:14

Sexta-feira, 26.04.13

Ontem fomos...

ao Cinema! Não gostei nada porque o meu pensamento esteve sempre distante e não prestei atenção nenhuma ao filme.

Mais uma vez o Duarte tinha perdido o seu cão de peluche, e mais uma vez eu é que fiquei desolada com o acontecimento.

O que senti foi o mesmo quando o Duarte deixou de usar a chucha...admito, custa-me a aceitar que ele esteja a crescer.

Era tão fofinho quando usava chucha e enrolava o cabelo todo ternurento, era tão fofinho quando andava com o cachorrinho para um lado e para o outro sem o largar nem perder de vista. 

Assim que me sentei na sala de cinema dei por falta do cão, o Francisco saíu e foi procurá-lo na loja onde tínhamos feito compras, perguntou às senhoras da loja e nada...confesso que até as lágrimas me vieram aos olhos (e o Duarte na maior).

Saímos do filme, fui eu procurar na loja e nada...demos umas voltas ao centro comercial, fomos jantar e a M.Inês vem com a conversa de que o Duarte devia ter deixado o cão no lugar onde estavam as meias na loja...e lá foi o pai novamente verificar, mas voltou de mãos a abanar.

Ficamos ali mais um bocado a lamentarmos o facto de o termos perdido para sempre, e o Francisco às tantas diz-me para ir eu à loja e perguntar por ele à senhora que estava na caixa, porque não queria estar outra vez a chateá-la, podia ser que entretanto o tivessem encontrado...e lá fui eu, perguntei sem esperança nenhuma e de repente vejo-a a estender o braço por detrás da caixa registadora e lá estava o cão com aquele ar de abandonado. Tinham-no encontrado no lugar das meias!

Graças à lembrança da M.Inês (algo inédito) e à persistência do pai, mais uma vez conseguimos resgatar o cão.

Garanto que não haverá um terceiro abandono deste cachorrinho, até porque nunca mais ele voltará a sair de casa! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Patrícia Madeira às 11:13

Quarta-feira, 24.04.13

Mais um homem grande cá em casa

Ontem depois da escola o Duarte diz-me todo orgulhoso:

- Mãe já sei fazer chichi em pé!

- ah sim? muito bem, quem te ensinou filho?

- ahh ninguém...aprendi sozinho...eu já sou grande!

 

(falta a foto, assim que tiver uma decente coloco aqui)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Patrícia Madeira às 17:23

Domingo, 21.04.13

A queda do 3º dente

Apesar da Páscoa já ter passado, parecia que tínhamos ainda uma coelhinha cá em casa, com o dente saído para fora da boca.

No Sábado logo pela manhã, tive um pressentimento de que o 3º dente da M.Inês íria finalmente cair.

Á tarde fomos a um aniversário, e para alegria dos meus filhotes, com direito a milhentos saltos num insuflável.

Estava-se mesmo a ver o que ía acontecer...bendito insuflável! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Patrícia Madeira às 21:11

Sábado, 20.04.13

Zumba na cabeça

Ainda nem a meia dúzia de aulas de Zumba fui, e já estou completamente viciada, e sempre ansiosa para que chegue o próximo dia de Zumba. Já ninguém me pode ouvir falar nas zumbadas, só quem está metido nestas andanças é que percebe o meu entusiasmo.

A minha performance está a melhorar dia após dia...ou não...mas isso pouco me importa, sinto-me bem à mesma.

Gosto bastante, queimo umas boas calorias e divirto-me à brava...gosto tanto que não hesitei em comprar um kit de Zumba para praticar em casa. Foi um bocadito caro, não costumo gastar dinheiro à toa, foi uma compra decidida em 5 segundos, e pronto, quando eu gosto, gosto a sério e não olho a meios para atingir os meus fins!

E mais uma vez...agora é que ninguém me pára!!!  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Patrícia Madeira às 16:30

Quarta-feira, 17.04.13

Passei por aqui...

só para dizer que estou viva!

É verdade que tenho estado mais ausente, pode-se dizer que tenho andado em "mudanças"...como o tempo.

Nem sempre me apetece fazer o mesmo, às vezes nem eu sei o que me apetece fazer.

Estou bem aqui, mas depois quero ir para acolá, quero aquilo, mas depois já não quero, gosto disto, mas depois já não gosto...enfim...só tenho uma certeza, que quero continuar a gozar a vida enquanto dura (mesmo que seja a fazer outra coisa), e quero dar mais atenção a quem mais precisa, cuidar de mim e dos outros...e há tanto ainda por fazer...

(não se preocupem, este estado de ansiedade deve ser do sol que tenho apanhado nas minhas últimas caminhadas)


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Patrícia Madeira às 15:44

Domingo, 07.04.13

Uma grande Zumbada

Sempre tive um fascínio pela dança com ritmos alegres e bem mexidos, e também um desejo mais secreto...participar em danças deste género em grupo, ser bailarina profissional como aqueles da série "The Fame" por exemplo...sempre gostei de ver e imaginava-me muitas vezes a fazer o mesmo.

Assim que soube que íam haver aulas de "Zumba" perto da minha casa (e a um bom preço), inscrevi-me, e lá fui eu ontem à minha primeira aula. Cheguei ao local combinado, deparei-me com umas senhoras já com a sua idade um pouco avançada, sentadas, e na conversa, pensei logo para mim que devia ser mais do género ginástica ritmica ao som dos ABBA (com a música Chiquitita), com uma professora já cota, mas com alguma genica (fiquei um pouco decepcionada, porque me queria mexer um pouco mais).

Foram aparecendo mais senhoras, mais novas, umas mais da minha idade...e de repente aparece-me uma miúda com os seus 20 e poucos anos (era a instrutora), de t-shirt e uns mini calções, com tudo no sítio (e estava um frio de rachar), e com uma garrafa com um liquido cor de rosa (uma espécie de bebida energética, digo eu)...subiu ao palco, começou a pôr música e...ZUMBA com ela!!!

O meu sonho morreu ali naquele ginásio, logo nos primeiros minutos das coreografias, eu nunca imaginei que fosse tão descordenada, eu nem conseguia ouvir a música, a minha preocupação era imitar os passos da miúda, ou pelo menos fazer algo parecido, senti-me completamente perdida, como se fosse um homem (porque eles não conseguem fazer duas coisas ao mesmo tempo).

No dia anterior ainda imaginei que me fosse fartar de rir, mas nem para isso tive tempo, às tantas o grupo todo ía para um lado, e eu ía para o outro, eu fazia tudo, mas tudo mesmo, ao contrário.

Cheguei à triste conclusão que uma coisa é estar em casa e inventar sozinha umas coreografias engraçadas com o step, outra coisa é dançar igual a outra pessoa, é complicado...às tantas ainda pensei que se a miúda fizesse a dança virada de costas para nós, talvez fosse mais fácil seguir-lhe os passos, ou então se demonstrasse mais devagar os passos antes de colocar a música, não sei...mas se calhar o mal está em mim mesmo, não tenho vocação, pronto, tenho que me conformar...

Mas apesar de tudo, vou continuar nas aulas, ainda tenho uma réstia de esperança que se dê uma reviravolta e caía em mim o espírito do Michael Jackson ou alguém com um "power" parecido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Patrícia Madeira às 14:14

Sexta-feira, 05.04.13

Volta Sol (e fica de preferência)

Preciso muito de Sol...

- para me levantar de manhã da cama sem sacrificios

- para acordar bem disposta

- para me vestir rapidamente

- para não me irritar 

- para me despachar

- para lavar roupa

- para secar roupa 

- para cozinhar

- para passar a ferro

- para lavar o chão

- para aspirar a casa

- para arrumar seja o que fôr

- para fazer alguma coisa de útil no geral

- para sair de casa sem casacos e guarda-chuvas (detesto)

- para levar os filhos a passear para gastarem a energia acumulada

- para fazer ginástica

- para parar de comer chocolates, doces e afins

- para me mexer

- para me rir

- para cumprir com a minha dieta (após 3 meses seguidos de tentativas falhadas)

- para me sentir feliz com tudo e com todos

etc etc etc

 

Resumindo...preciso urgentemente que o Sol volte a brilhar para recuperar a minha forma física e a minha sanidade mental!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Patrícia Madeira às 10:05

Quarta-feira, 03.04.13

Tralhinhas recebidas (Março)

No mês de Março recebi o seguinte:

- vale de desconto Elvive da Loreal Paris (descontei na compra de 1 shampoo Elvive e paguei apenas 9 cêntimos)

- cápsulas Ariel máquina de lavar roupa

- tupperwares

- ticket euroticket no valor de 10 euros (ganho por responder a questionários num site que não me lembro qual foi)

- creme de mãos Boticário (levantei na loja no Dia da Mulher)

- fio Salsa (levantei na loja no Dia da Mulher)

- amostra shampoo H&S

- catálogo Mayoral com cupão de participação em passatempos

- 1 necessaire

- catálogo Pull & Shark

- amostras de perfumes 

- revista Lusitana com vales de descontos

- relógio

- chocolates (vindos de Bruxelas)

- comida para gato

- cartão PremierPlus/Pingo Doce


Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Patrícia Madeira às 13:50

Segunda-feira, 01.04.13

Dia das Mentiras

"Acredita-se que o dia 1 de Abril seja considerado Dia das Mentiras desde que em França, em meados do século XVI, foi adotado o Calendário Gregoriano. O Ano Novo, anteriormente comemorado a 25 de Março, e com festas que duravam até 1 de Abril, passou a ser comemorado a 1 de Janeiro. Aos franceses que resistiram à mudança de calendário, e ainda consideravam 1 de abril como início do ano, começaram a ser enviados presentes estranhos e convites para festividades inventadas." 


Pessoalmente não acho graça nenhuma a este dia, porque se há coisa que eu detesto, e não sou de perdoar (ou pelo menos não esqueço), é quando alguém me mente. 

Hoje em dia as pessoas mentem descaradamente, e sem necessidade, só porque é mais fácil mentir do que dizer a verdade.

Na minha opinião, uma verdade dita com sinceridade nunca é mal recebida. Custe o que custar, e doa a qem doer, há que dizer sempre a verdade!


E para comemorar este dia da mentiras, aqui estão alguns provérbios e frases bem verdadeiras sobre o assunto (só para contrariar):

A mentira tem pernas curtas.

Foge da gente que muito mente.

A corda da mentira é muito curta.

A mentira dá flores, mas não frutos.

A mentira, só aos mentirosos prejudica.

A mentira corre, mas a verdade a apanha.

Com uma mentira se apanha uma verdade.

A mentira arruina rapidamente o mentiroso.

Apanha-se mais depressa um mentiroso que um coxo.

A mentira é como uma bola de neve; quanto mais rola, mais engrossa.

Uma garrafa de vinho meio vazia também está meio cheia, mas uma meia mentira não será nunca uma meia verdade.

Assim como uma gota de veneno compromete um balde inteiro, também a mentira, por menor que seja, estraga toda a nossa vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Patrícia Madeira às 13:59



Acerca de mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Visitas

HTML Hit Counters
Web Counter



Blogues e páginas que sigo

TRALHAS E PASSATEMPOS

CULINÁRIA

DIVERSOS E FAVORITOS

LEITURA

MODA E BELEZA